Avião destruído.

Avião de pequeno porte cai com sete pessoas a bordo

Blog Brasil Geral

Na manhã desta segunda-feira, 18 de março, uma terrível tragédia abalou então a cidade de Manoel Urbano, localizada a 228 quilômetros da capital Rio Branco. Um avião de pequeno porte, modelo Cessna Skyline 182, caiu em uma fazenda da região, deixando um saldo inicial de um morto e diversos feridos em estado grave.

O médico do município, Abraão de Lima Veloso, confirmou a trágica ocorrência, informando que entre os feridos, dois se encontram em estado gravíssimo, incluindo o piloto da aeronave. A vítima fatal foi identificada como Sidney Estuardo Hoyle Vega, um empresário local. A notícia de seu falecimento gerou comoção na comunidade, bem como o diretor do presídio Evaristo de Moraes, de Sena Madureira, emitindo uma nota de pesar pela perda.

O hospital de Manoel Urbano relatou que pelo menos cinco feridos deram entrada na unidade de saúde, sendo dois deles entubados e em estado grave. Contudo a difícil acessibilidade do local tornou as operações de resgate desafiadoras, contando com o apoio dos bombeiros militares para socorrer as vítimas.

Passageiros do avião:

  • Roner Mendes, piloto, 59 anos [estado grave, entubado]
  • Suani Camelo, 30 anos [estado grave, entubada]
  • Mateus Jeferson Fonte, 26 anos [estável]
  • Amélia Cristina Rocha, 28 anos [estado grave]
  • Bruno Fernando dos Santos, 36 anos, dentista [estável]
  • Delisiane Salomão Calisto, 15 anos [estável]

Segundo informações do governo do Acre, o avião caiu pouco depois da decolagem, a cerca de 1 quilômetro da cabeceira da pista de Manoel Urbano, enquanto se dirigia a Santa Rosa do Purus, distante 150 km do local do acidente.

A Secretaria de Saúde do Acre mobilizou recursos, incluindo o helicóptero aeromédico e ambulâncias, para garantir então o rápido atendimento às vítimas mais graves. Enquanto isso, os demais feridos estão sendo encaminhados para o hospital local, onde serão avaliados e, se necessário, transferidos para unidades de saúde mais especializadas.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *