Polícia

Caminhoneiro é assassinado e crime pode ter sido por engano

Nordeste Paraíba Policial

Na noite desta sexta-feira, 15 de março, um fato trágico abalou a população da cidade de Bayeux, na Região Metropolitana de João Pessoa. Um caminhoneiro de 41 anos, identificado como Thiago Machado, natural do estado de Santa Catarina, foi assassinado com seis tiros enquanto se encontrava em um estabelecimento, onde estava bebendo com amigos.

De acordo com relatos da Polícia Militar, o som dos disparos alertou as autoridades, que prontamente se dirigiram ao local. Ao chegarem, encontraram Thiago caído no chão, sem sinais vitais. Testemunhas próximas afirmaram que o caminhoneiro estava na Paraíba por uma visita ocasional e não possuía qualquer envolvimento com atividades criminosas.

A motivação por trás do crime ainda é desconhecida, conforme informado pelas autoridades. No entanto, tanto a Polícia Militar quanto a Polícia Civil estão colaborando na coleta de evidências para auxiliar nas investigações e na identificação do suspeito. O homicídio ocorreu em um estabelecimento próximo à Avenida Marechal Rondon, no bairro Jardim Aeroporto.

Thiago Machado deixou três filhos, sendo o mais novo com menos de três anos de idade. Seu pai e esposa, em entrevista, destacaram que ele era um trabalhador dedicado e não possuía vínculos com o mundo do crime. Ambos revelaram que conversaram com Thiago no dia anterior, como de costume, já que ele costumava manter contato diário com a família durante suas viagens. Eles acreditam que o crime pode ter sido por engano.

Os familiares da vítima já se deslocaram para João Pessoa, onde aguardam para liberar o corpo que se encontra na Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol). As investigações sobre o brutal homicídio seguem em andamento, enquanto a comunidade local lamenta a perda de um cidadão trabalhador e dedicado.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *