Barragem rompida.

Chuvas intensas no Cariri paraibano: açude sangra após 30 anos

Blog Nordeste Paraíba

A quarta-feira, 28 de fevereiro, foi marcada por chuvas intensas em várias cidades do Cariri paraibano. O que trouxe alívio para a população e para os reservatórios de água da região. Segundo dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), Boqueirão registrou 111,1 milímetros de chuva, enquanto em Campina Grande foram contabilizados 116mm. Riacho de Santo Antônio recebeu 110mm e Caturité 105mm.

Um dos acontecimentos mais significativos ocorreu em Cabaceiras, onde um açude particular de pequeno porte, localizado na zona rural, sangrou pela primeira vez em 30 anos desde sua construção. A comunidade celebrou o momento, que representa não apenas o fenômeno da natureza, mas também a esperança de melhores condições hídricas para a região.

Além disso, moradores relataram a cheia do rio Paraíba em diversas cidades da região. Em meio às fortes chuvas, uma passagem molhada na comunidade do Tabuado, zona rural de Boqueirão, não resistiu à força das águas e parte de sua estrutura acabou rompendo.

As chuvas, embora tragam benefícios como o aumento dos níveis dos reservatórios e a recarga dos lençóis freáticos, também podem trazer transtornos, como alagamentos e danos à infraestrutura local. Autoridades e órgãos competentes seguem monitorando a situação e prestando assistência às comunidades afetadas.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *