Hospital Miguel Arraes.

Criança é assassinada enquanto dormia e outras duas são baleadas

Blog Nordeste Pernambuco

Na noite de quinta-feira, 22 de fevereiro, uma terrível tragédia abalou a comunidade de Itamaracá, no Grande Recife. Alguém atirou em três crianças, irmãs, dentro de casa enquanto dormiam. Jackson Dantas Silva, de apenas 10 anos, não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) informou que socorreu e levou as outras duas crianças, de 7 e 12 anos, para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, na área central do Recife.

O caso está sendo então investigado pela Polícia Civil como homicídio e dupla tentativa de homicídio. Os crimes ocorreram na comunidade Biquinha, no bairro do Pilar. Apenas seis dias após os mesmos criminosos terem matado um bebê de apenas 9 meses dentro de sua residência, este incidente trágico ocorre.

Um vídeo angustiante, gravado pela mãe das crianças mostra as vítimas ensanguentadas e desacordadas, uma na rede e outra no chão. Na cama, também se vê ainda mais uma terceira criança chorando e clamando pela mãe.

“Invadiram minha casa, atiraram nos meus filhos pequenos… A mãe das crianças, desesperada, expressou: “Meu Deus do céu, ele foi baleado”, no vídeo.

Relatos

Segundo relatos da mãe à polícia, ela e seus quatro filhos estavam dormindo quando homens desconhecidos arrombaram a porta e abriram fogo contra a família, que é originalmente de João Pessoa, mas reside em Itamaracá há três anos e, na comunidade da Biquinha, há três meses. Felizmente, os tiros não atingiram a filha de 4 anos e a mãe.

O Samu socorreu Jackson Dantas Silva e o levou para o Hospital Miguel Arraes, em Paulista, mas, infelizmente, ele não resistiu aos ferimentos. As autoridades encaminharam as outras duas crianças baleadas para o Hospital da Restauração, onde estão recebendo tratamento e têm um quadro de saúde considerado estável.

Peritos criminais estiveram na casa onde ocorreram os crimes durante a manhã desta sexta-feira para coletar evidências. A Polícia Civil iniciou as investigações, que estão a cargo da Delegacia de Polícia de Homicídios de Paulista.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *