Jovens desaparecidas

Quatro jovens desaparecidas são encontradas mortas

Blog Demais Estados Nordeste

Uma terrível tragédia abalou então as cidades de Tianguá e Itarema, no interior do Ceará, com a descoberta dos corpos de quatro jovens desaparecidas. Duas primas, Eveline Souza Mendes, de 18 anos, bem como Marina Nascimento Souza, de 15 anos, foram encontradas juntas na zona rural de Tianguá, com sinais de violência.

Os familiares relatam que Eveline e Marina desapareceram no mesmo dia em Tianguá, após circunstâncias distintas. Um casal teria abordado Eveline e a levado até um mototáxi, enquanto Marina desapareceu após deixar a casa do namorado, ambos utilizando mototáxi.

Após nove dias de intensa busca, alguém encontrou os corpos das duas primas enterrados em uma cova no Sítio Caracol, com evidências de tortura e uma delas com uma corda presa no pescoço. As circunstâncias exatas dessas mortes ainda estão sob investigação pela Perícia Forense.

Além delas, outra jovem, Ana Vitória, também encontraram morta em circunstâncias horripilantes. Desde o dia 23 de março em Tianguá, encontraram seu corpo decapitado nas proximidades de um campo de futebol. As investigações sobre sua morte estão em curso na Delegacia Regional de Tianguá.

Ainda, Júlia Rafaela, de 17 anos, desapareceu em Itarema após sair de casa para ir à praia. Alguém encontrou seu corpo na zona rural de Acaraú, apresentando marcas de tiros. As autoridades locais estão conduzindo as investigações para esclarecer o ocorrido.

A polícia capturou dois adolescentes suspeitos de envolvimento nas mortes das primas e de uma terceira pessoa em Tianguá. O caso está sendo tratado como homicídio, com os suspeitos conduzidos para a Delegacia Regional da cidade.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *