Flamengo pode jogar no estádio O Amigão

Flamengo: diretoria faz vistoria em estádio da PB que pode receber jogo do Carioca

Blog Brasil Esporte

O Flamengo está avaliando a possibilidade de realizar alguns jogos do Campeonato Carioca fora do Rio de Janeiro, uma vez que o Maracanã está passando por reformas. Nesse contexto, o Nordeste surge como uma das opções viáveis. A presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho, desempenha um papel crucial na intermediação para que um desses jogos aconteça na Paraíba.

Conforme as informações, Gustavo Oliveira, vice-presidente de comunicação e marketing do Rubro-Negro, realizou uma visita técnica nessa quarta-feira, 20 de dezembro, para explorar as instalações do Estádio Amigão, localizado em Campina Grande. O interesse em utilizar o estádio para partidas do Flamengo em 2024 está ganhando força.

Inicialmente, a ideia era levar o jogo para o Estádio Almeidão, em João Pessoa. No entanto, surge uma complicação devido à reforma em andamento na área externa. Isso poderia prejudicar o acesso do público e reduzir a capacidade do evento.

Ao passo que o Estádio Amigão passa por uma reforma interna, focada na melhoria do gramado, a escolha da Paraíba como palco para um jogo do Carioca parece inclinar-se para Campina Grande. A decisão de concentrar-se nas melhorias internas torna o Amigão mais propício para receber o evento esportivo.

Além disso, a casa de apostas que patrocina o Flamengo, sediada na Paraíba, está ativamente envolvida na iniciativa de trazer o clube carioca. Essa casa de apostas também é patrocinadora do time paraibano Serra Branca. Recentemente, o centro de treinamento do Serra Branca recebeu figuras ilustres, como Zico, ídolo do Flamengo, e Hulk, atacante do Atlético-MG, originário de Campina Grande. Os dois estiveram participando de um jogo para estrelas na última terça-feira, dia 19. Dessa maneira, a parceria entre a casa de apostas e o futebol paraibano fortalece a possibilidade de Campina ser escolhida como sede de um jogo do Flamengo.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *