Jogadores acusados.

Jogadores do Vélez Sarsfield estão em julgamento por agressão sexual

Blog Brasil Esporte

Nesta terça-feira, na Argentina, um caso que tem chocado o país e o mundo do futebol está em destaque nos tribunais: os jogadores José Ignacio Florentín, Sebastián Sosa, Braian Cufré e Abiel Osorio, do Vélez Sarsfield, enfrentam acusações graves de agressão sexual por parte de uma jornalista de 24 anos. O suposto estupro teria ocorrido em 3 de março, em um hotel na cidade de Tucumán.

O depoimento impactante da denunciante durante o julgamento tem então gerado repercussão na imprensa argentina. A jovem, cuja identidade foi vazada pelos próprios jogadores, descreveu sua vida como um inferno desde o ocorrido. Ela lamenta a disparidade entre sua situação e a dos acusados, que estão em prisão domiciliar desfrutando de certos confortos.

“Não me parece justo que passem o resto do julgamento numa casa, numa casa de campo, com piscina, com campo de futebol e se divertindo. Enquanto minha vida tem sido um inferno há três semanas”, desabafou a vítima.

Ela também compartilhou o impacto devastador que o vazamento de sua identidade teve em sua vida pessoal e profissional, destacando que não pode mais realizar tarefas simples sozinha devido ao olhar julgador das pessoas.

Por outro lado, os jogadores envolvidos deram suas versões dos acontecimentos. Florentín admitiu ter tido relações sexuais com a mulher, alegando que foram consensuais. Cufré também reconheceu a relação, afirmando que não houve qualquer sinal de discordância por parte da vítima. Osorio negou ter tido vontade de ter relações com a jornalista, descrevendo apenas uma troca de carinhos entre eles. Já Sosa alegou não ter participado do incidente, indicando que estava trocando mensagens com sua esposa, que celebrava seu aniversário em outro local.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *