Lucas Caribé e quatro suspeitos perderam suas vidas em um confronto

Lucas Caribé era da equipe de segurança do Presidente Lula

Blog Demais Estados Nordeste

Uma operação policial na região de Valéria, em Salvador, se transformou num fato de repercussão nacional na manhã da sexta-feira, 15 de setembro, quando o policial federal Lucas Caribé e quatro suspeitos perderam suas vidas em um confronto. Outros dois agentes, um da Polícia Federal e outro da Polícia Civil, também ficaram feridos na ação.

Confronto Fatal na Operação Fauda

A operação, conhecida como “Fauda”, tinha como objetivo cumprir mandados de prisão relacionados a suspeitos de integrar uma facção criminosa. Mais de 100 agentes das polícias Federal, Civil e Militar participaram da ação, que se tornou um cenário de confronto quando as forças de segurança foram surpreendidas pela presença de uma facção rival.

Durante a troca de tiros, o policial federal Lucas Caribé foi atingido e, infelizmente, perdeu a vida no local. Além disso, outro policial federal e um policial civil também ficaram feridos. Em contrapartida, as forças de segurança abateram dois suspeitos durante o confronto.

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO) e a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) realizam a “Operação Fauda” – Foto: Divulgação/SSP-BA

Quem era Lucas Caribé

Natural de Salvador, Lucas Monteiro Caribé era um policial federal dedicado e solteiro, sem filhos. Além disso, ele ingressou na Polícia Federal em 2013, na Superintendência Regional no Pará. Durante sua carreira, teve passagens notáveis pela Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio e ao Tráfico de Armas, além de atuar na Delegacia de Repressão a Entorpecentes. Em 2019, o Caribé chegou à Superintendência Regional da Polícia Federal na Bahia, onde se destacou como membro do Grupo de Pronta Intervenção.

O Diretor-Geral substituto da Polícia Federal, Gustavo Paulo Leite de Souza, decretou luto oficial de três dias em homenagem ao policial Caribé.

Lucas Caribé fazia parte da equipe de segurança do presidente Lula

A notícia da inesperada da perda de Lucas Caribé reverberou em todo o país, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou suas condolências. O presidente compartilhou que o policial federal fazia parte de sua equipe de segurança na Bahia e que cumpriu sua missão com exemplar profissionalismo.

O Desfecho da operação

Além dos suspeitos ceifados durante o confronto, outros dois suspeitos perderam suas vidas em um novo embate enquanto tentavam fugir em uma região de mata. A operação policial destacou a complexidade do combate ao crime organizado no Brasil e as situações arriscadas enfrentadas pelos agentes de segurança.

Neste momento de luto e reflexão, a nação presta homenagem ao policial federal Lucas Caribé, um herói que sacrificou sua vida em prol da segurança pública. Além disso, expressa solidariedade às famílias dos envolvidos nesta fatal ocorrência.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *