Terreno

Suspeito de auxiliar em fuga de detentos em Mossoró é preso pela polícia

Blog Brasil Nordeste Policial Rio Grande do Norte

A polícia prendeu um suspeito de ter auxiliado os dois detentos que escaparam da prisão de segurança máxima de Mossoró (RN). Nesta quinta-feira, 22 de fevereiro, a polícia deteve então o homem quando ele chegava em casa na localidade de Quixabeirinha, no bairro Aeroporto, em Mossoró. Segundo investigadores, o suspeito estava retornando da cidade de Baraúna.

De acordo com as investigações, o homem teria ido até o estado do Ceará, onde pegou um carro e o trouxe até Baraúna. Em seguida, uma outra pessoa ainda não identificada teria levado o veículo até o local onde se suspeita que estavam os dois fugitivos.

Os detentos Deibson Nascimento e Rogério Mendonça fugiram do presídio de Mossoró no dia 14 de fevereiro. Nesta quinta-feira, 100 agentes da Força Nacional chegaram à cidade para auxiliar na recaptura. A força-tarefa trabalha com a hipótese de que os fugitivos permaneçam em uma região próxima à unidade prisional.


Após a polícia prendê-lo em cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça Federal, conduziram o homem para a sede da Polícia Federal (PF). Após os procedimentos, as autoridades o encaminharam à prisão. O mandado de prisão temporária foi uma determinação do Juízo Federal da 8ª Vara.

A audiência de custódia foi realizada nesta manhã e os fundamentos que levaram à decretação da prisão foram reconhecidos como ainda persistentes. Inicialmente, o suspeito ficará detido por cinco dias.

Os investigadores continuarão a periciar o carro e a busca por mais suspeitos que possam ter auxiliado os dois fugitivos. As buscas seguem mobilizando mais de 500 homens das forças policiais.

Nono dia de buscas em Mossoró

O nono dia de busca pelos fugitivos contará com o reforço de 100 agentes da Força Nacional, os quais se juntarão a mais de 500 agentes de segurança já envolvidos nas operações. As equipes permanecerão alojadas na Universidade Federal do Semi-Árido (Ufersa) durante as operações.

As buscas concentram-se principalmente em Mossoró e Baraúna, com foco nas zonas rurais e áreas de mata. No entanto, os trabalhos são desafiadores devido às características naturais da caatinga, incluindo mata fechada, animais peçonhentos e condições climáticas adversas.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *