Homem é preso pela polícia

Suspeito de ataque a ônibus em João Pessoa é preso

Blog Nordeste Paraíba

Na manhã desta quarta-feira, 21 de fevereiro, uma ação coordenada entre as polícias civis da Paraíba e do Rio de Janeiro resultou na prisão de Lindemberg Farias da Silva, de 34 anos, suspeito de ser o mandante do ataque com incêndio a um ônibus em João Pessoa. O incidente, ocorrido em 18 de julho de 2023, deixou passageiros feridos e o motorista com graves queimaduras, levando-o a óbito dias depois.

As autoridades apontam Lindemberg como líder do Comando Vermelho na Paraíba, envolvendo-se em uma série de crimes que vão desde ataques a homicídios, especialmente na cidade de Bayeux. Sua prisão ocorreu no Complexo do Chapadão.

De acordo com as investigações, Lindemberg fugiu para o Rio de Janeiro para se esconder. De lá atuava como representante do Comando Vermelho na Paraíba, buscando então expandir os territórios da facção criminosa. As autoridades o detiveram com base em dois mandados de prisão por tráfico de drogas, associação ao tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

O incêndio deixou o ônibus completamente destruído com passageiros e motorista dentro, em João Pessoa. — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

O delegado Diego Beltrão, da Draco, considera a prisão de Lindemberg um golpe significativo contra o crime organizado na Paraíba. Ele ressaltou a importância da ação conjunta das polícias para desarticular grupos criminosos e destacou que as investigações continuam para identificar outros envolvidos.

O ataque ao ônibus

Ocorrido em julho de 2023, o ataque foi um episódio de grande violência que deixou a população local chocada. Dois homens armados invadiram o coletivo, obrigando o motorista e os passageiros a permanecerem enquanto ateavam fogo ao veículo. O motorista, identificado como Silvano da Silva, sofreu queimaduras graves em 54% do corpo e veio a falecer posteriormente.

Com a captura de Lindemberg, espera-se que a justiça possa ser feita e que a segurança na região seja fortalecida, trazendo alívio para a comunidade afetada por esse ato de violência e terrorismo urbano. As autoridades continuam vigilantes e empenhadas em garantir a tranquilidade e o bem-estar dos cidadãos.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *