Padre preso

Padre é preso por estupro de vulnerável

Blog Demais Estados Nordeste

Na última quarta-feira, 3 de abril, em Fortaleza, as autoridades prenderam o padre Alexandre Paciolli sob acusação de importunação sexual e estupro de vulnerável.

O MPRJ denunciou que o religioso cometeu os crimes contra uma mulher em Nova Friburgo, Rio de Janeiro, em agosto de 2022 e janeiro de 2023.

Conforme relatado pelo Ministério Público, o padre teria se aproveitado da ingenuidade e fé da vítima, fingindo estar sofrendo fortes dores para praticar atos libidinosos. A vítima, que o considerava seu protetor sagrado, não conseguiu oferecer resistência.

As autoridades descrevem o suspeito como um líder religioso “muito carismático, conhecido e influente”. Ele já foi apresentador de programas de televisão na TV Canção Nova, incluindo um programa dedicado às mulheres chamado “Mulheres de Fé”, e possui mais de 200 mil seguidores nas redes sociais. Além disso, ele já ocupou o cargo de reitor da Igreja da PUC, sendo responsável pela Igreja de São José.

Segundo a denúncia, a Arquidiocese do Rio de Janeiro já recebeu várias denúncias de abusos sexuais cometidos pelo padre.

A Justiça aceitou o mandado de prisão preventiva contra o religioso, e ele foi detido na residência de seu pai, em Fortaleza, conforme solicitado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *