Usina Eolica

RN e Petrobras firmam parceria para usina eólica em alto mar

Blog Nordeste Rio Grande do Norte

O Rio Grande do Norte deu então mais um passo rumo à ampliação de sua matriz energética renovável com a assinatura de um memorando de entendimento entre o governo estadual e a Petrobras para a instalação de um projeto piloto de usina de geração de energia eólica em alto mar. A cerimônia ocorreu nesta segunda-feira, 29 de abril, marcando então o início de uma parceria estratégica para o desenvolvimento da energia offshore no Brasil.

O presidente da Petrobras, Jean-Paul Prates, expressou otimismo com a parceria, destacando que o investimento estimado entre R$ 2 milhões e R$ 3 milhões impulsionará a implantação do projeto até 2029. Prates ressaltou o papel da Petrobras em colaboração com instituições como o Instituto Senai de Inovação e agora com o governo estadual para estudar a viabilidade prática da geração de energia eólica no mar.

“O projeto será um verdadeiro laboratório, um posto avançado da atividade de geração de energia eólica no mar no Brasil, mesmo antes da tramitação da lei”, afirmou então Prates.

Acordo com a Petrobras

O gerente geral de renováveis da Petrobras, Daniel Faro, enfatizou que o memorando promove a interação entre os entes envolvidos, visando então ações conjuntas para o avanço do projeto.

Entre as atribuições previstas para o governo estadual no memorando, estão a promoção de ações para viabilizar oportunidades identificadas pela Petrobras, o alinhamento do projeto com programas e políticas estaduais, e o apoio aos processos necessários para estudos e pesquisa para o desenvolvimento da usina.

A governadora Fátima Bezerra ressaltou o protagonismo do estado na produção de energia renovável em terra e afirmou que a parceria com a Petrobras garantirá o pioneirismo do Rio Grande do Norte na produção de energia no mar.

“Este é um novo ciclo de investimentos que irá gerar crescimento econômico com sustentabilidade. A expansão das energias renováveis é um caminho sem volta”, declarou a governadora.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *