Sepultamento.

Psicóloga assassinada dentro de casa é sepultada no interior do RN

Blog Nordeste Rio Grande do Norte

A cidade de Assú, na Região Oeste do Rio Grande do Norte, amanheceu envolta em luto nesta quinta-feira, 24 de abril, enquanto familiares, amigos e pacientes se reuniram para dar o último adeus à psicóloga Fabiana Maia Veras, de 42 anos, brutalmente assassinada na terça-feira, 23 de abril, dentro de sua própria casa.

O velório da psicóloga ocorreu em uma fazenda mantida pela família da vítima, a 3 km da cidade de Paraú e a 27 km de Assu, onde uma multidão se reuniu para prestar suas homenagens. Em um cortejo emocionante, a população local acompanhou o corpo enquanto ele seguia em direção ao cemitério de Paraú, onde sepultaram-no sob forte comoção.

Fabiana era uma figura muito querida na cidade, onde prestou serviços como psicóloga por muitos anos. Sua morte chocou a todos, mesmo aqueles que não a conheciam pessoalmente. “Era uma pessoa muito querida, uma profissional muito boa. Toda a cidade ficou chocada”, disse Dilma Peixoto, uma servidora pública que já trabalhou com Fabiana.

O crime que vitimou Fabiana chocou a comunidade local e despertou uma onda de indignação. Encontraram o corpo dela em sua casa, amordaçado, amarrado e com marcas de cortes de arma branca. A polícia investiga o caso como homicídio e já prendeu um homem de 41 anos, suspeito do crime.

De acordo com as investigações, o suspeito teria se aproximado de Fabiana para tentar obter informações sobre sua ex-companheira, levando à possibilidade de uma motivação relacionada a esse vínculo. Na fuga, ele teria levado o celular da psicóloga, que foi posteriormente destruído em Natal.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *