Empresário

Rodrigo Carvalheira é preso acusado de violência contra mulheres

Nordeste Pernambuco

Nesta quinta-feira, 11 de abril, a polícia deteve o empresário Rodrigo Carvalheira na Zona Sul do Recife, sob acusações de estupro e violência contra mulheres. Conduzido à Delegacia da Mulher, em Santo Amaro, área central da capital pernambucana, Carvalheira teve sua prisão preventiva decretada pelo TJPE.

Rodrigo Dib Carvalheira, 34 anos, é proprietário de um restaurante e diversos empreendimentos imobiliários. Anteriormente, Rodrigo Carvalheira ocupou o cargo de secretário de Turismo de São José da Coroa Grande, no Litoral Sul de Pernambuco. Eleito presidente do antigo PTB no estado em outubro de 2023. No entanto, o partido fundiu-se ao Patriota em novembro, formando o PRD.

Mulheres pertencentes ao mesmo círculo social de Rodrigo Carvalheira fizeram as denúncias, mas não divulgaram suas identidades. O empresário, ao deixar a delegacia acompanhado de sua esposa, afirmou à TV Globo que ficou surpreso com as acusações, enfatizando sua inocência.

Graciele Queiroz, a advogada então responsável pela defesa de Carvalheira, declarou em nota que a prisão causou surpresa e estranheza, ressaltando que os fatos são baseados apenas na opinião da autoridade policial e na coleta de depoimentos.

A produtora de eventos Carvalheira também se manifestou, afirmando que não possui qualquer vínculo com o empresário.

O Tribunal de Justiça de Pernambuco e a Polícia Civil não puderam fornecer detalhes adicionais devido ao sigilo do caso, resguardando a intimidade das vítimas.

A prefeitura de São José da Coroa Grande emitiu uma nota repudiando as acusações e exigindo uma investigação rigorosa, afirmando solidariedade às vítimas e reafirmando seu compromisso com o combate à violência contra as mulheres.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *