Ônibus atacado

Treze: Polícia Civil prende suspeitos de ataque a ônibus de torcedores

Esporte Nordeste Paraíba

Uma operação realizada pela Polícia Civil da Paraíba resultou na prisão temporária de seis suspeitos, nesta terça-feira, 16 de abril, em Campina Grande e Sousa. A polícia cumpriu os mandados no contexto de um ataque a um ônibus que transportava torcedores do Sousa, ocorrido na BR-230, próximo a Soledade. Além das prisões, a ação também visa executar 16 mandados de busca e apreensão. Os detidos têm ligação com uma torcida do Treze.

O incidente ocorreu em 4 de abril, após o jogo entre Treze e Sousa, em Campina Grande. A Polícia Militar escoltou inicialmente o ônibus de torcedores até São José da Mata, região de Campina Grande. No entanto, quando o veículo prosseguiu sem escolta, o motorista percebeu que estava sendo perseguido. Na BR-230, em Soledade, o ônibus foi alvo de ataques com rojões, estilhaços e objetos pontiagudos, forçando o condutor a parar.

Segundo o delegado do núcleo de homicídios de Juazeirinho, Ivany Ferreira, a operação tem como alvos residentes de Campina Grande que têm ligação direta com a Torcida Jovem do Treze. “Os acusados foram levados ao IML para exames de corpo de delito e, posteriormente, serão encaminhados à custódia da Central de Polícia”, afirmou.

Ferreira também destacou que a polícia apreendeu diversos materiais de torcida, incluindo um porrete personalizado. “Uma descoberta interessante foi que o ‘troféu’ da torcida organizada consistia em objetos como a bandeira e o boné da torcida adversária”, acrescentou o delegado.

Logo após o incidente, hospitalizaram uma das vítimas do ataque em estado grave, e ela permaneceu internada por cinco dias.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *