Suspeitos sendo presos.

Ação conjunta da polícia liberta vítima de sequestro

Blog Nordeste Rio Grande do Norte

Na última sexta-feira, 8 de março, uma operação coordenada entre as polícias Civil e Militar do Rio Grande do Norte resultou na libertação de uma vítima de sequestro e na prisão de seis indivíduos em flagrante, na cidade de Macau, a 185 km de Natal. O caso, que envolveu o resgate de um homem de 24 anos residente em Galinhos, desaparecido desde quarta-feira, só veio a público nesta segunda-feira.

De acordo com informações da Polícia Civil, os sequestradores teriam obrigado o homem a realizar diversas transferências via PIX pelo celular. Contudo, na sexta-feira, a vítima conseguiu aproveitar um descuido dos criminosos e enviar uma mensagem à esposa, por meio de um aplicativo de mensagens, informando sobre seu sequestro e a localização do cativeiro, situado no bairro do Porto.

Oportunistamente, no momento em que os criminosos estavam distraídos consumindo drogas e álcool, a vítima conseguiu comunicar-se com a esposa, desencadeando a ação policial. “Os cabeças do crime haviam saído e deixado os outros na segurança”, explicou o delegado do caso, Sandro Reges.

Resgate da vítima de sequestro

A esposa da vítima alertou as autoridades e elas cercaram o local, encontrando seis suspeitos, além de substâncias entorpecentes como cocaína, crack e maconha, bem como uma balança de precisão e dinheiro fracionado.

Conforme detalhou o delegado, entre os detidos, quatro já possuíam passagem pela polícia, sendo que um deles estava usando tornozeleira eletrônica. Os suspeitos enfrentarão acusações de extorsão mediante sequestro, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A Polícia Civil informou que está investigando os beneficiários das transferências bancárias realizadas pela vítima. As autoridades não divulgaram o valor roubado.

Conforme anunciou a corporação, durante a audiência de custódia, o juiz decretou a prisão preventiva de todos os envolvidos. A ação demonstra o comprometimento das forças policiais em combater crimes dessa natureza e garantir a segurança da população do Rio Grande do Norte.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *