Brasil

Brasil sofre nova derrota para o Canadá na Liga das Nações de Vôlei

Blog Brasil Esporte

Após perder para os Estados Unidos, o Brasil entrou em quadra contra o Canadá nesta sexta-feira com mais uma chance de garantir vaga antecipada nas quartas de final da Liga das Nações masculina de vôlei. No entanto, a seleção brasileira, comandada por Bernardinho, sofreu novo revés e perdeu por 3 sets a 0 para o Canadá. As parciais foram 26/24, 25/19 e 26/24, totalizando seis vitórias em onze jogos até o momento. Atualmente, o Brasil ocupa a sétima colocação na competição. Darlan foi o destaque brasileiro no jogo, marcando 12 pontos.

Primeiro Set Equilibrado com Erros Decisivos

O primeiro set começou de forma equilibrada, com as equipes revezando a liderança. No entanto, a partir do meio da disputa, o Brasil começou a desperdiçar diversas oportunidades de marcar pontos no contra-ataque. Os canadenses abriram uma vantagem de 23 a 19 no set. A entrada de Brasília e Alan ajudou o Brasil a recuperar e empatar, mas novos erros permitiram que o Canadá fechasse o set por 26 a 24. Loeppky foi o maior pontuador do primeiro set com 7 pontos, incluindo ataques, bloqueios e um saque.

Canadá Domina o Segundo Set

No segundo set, a seleção brasileira cometeu diversos erros de ataque novamente. Jogando em alto nível, a dupla Loeppky e Maar se destacou, virando todas as bolas em momentos decisivos. Assim, o Canadá fechou o set por 25 a 19. Bernardinho tentou ajustar a equipe, mas os canadenses mantiveram o controle do jogo.

Brasil Luta, mas Canadá Fecha o Jogo

No terceiro set, o Brasil conseguiu equilibrar o jogo, mas continuou apresentando um desempenho abaixo do esperado. Com uma atuação novamente destacada de Loeppky, que marcou sete pontos, o Canadá fechou o set por 26 a 24 e garantiu a vitória por 3 a 0. Bernardinho não contou com Lukas Bergmann e Isac, optando por deixar os dois de fora da lista de relacionados. Arthur Bento e Judson foram as novidades na equipe brasileira.

Desafios e Oportunidades Futuras

Além das ausências de Bergmann e Isac, o Brasil também não teve Bruninho contra o Canadá. O levantador ainda se recupera de um leve estiramento na panturrilha esquerda. Com isso, Brasília teve mais uma oportunidade de se destacar entre os relacionados por Bernardinho.

A Liga das Nações possui um formato de competição dividido em dois grupos com oito equipes cada. As 16 seleções foram classificadas do 1º ao 16º lugar no ranking mundial da FIVB após o término da última edição da VNL, em julho de 2023. Na primeira fase, cada equipe joga 12 vezes, em três etapas diferentes, contra adversários igualmente fortes.

Próximos Passos na Competição

Ao final das três rodadas, que ocorrem em três semanas entre maio e junho, as sete melhores equipes e o país que sedia as finais, que este ano é a Polônia, avançam à última fase. As disputas de quartas de final, semifinais e finais serão no formato mata-mata, entre 27 e 30 de junho. Equipes como Alemanha, Brasil, Estados Unidos, Japão, Polônia, Canadá e França já garantiram vaga para Paris. Restam ainda cinco vagas, que serão definidas pelo ranking mundial no dia 24 de junho, após a primeira fase da Liga das Nações de 2024.

A competição continua com partidas emocionantes e desafiadoras, onde cada jogo vale pontos importantes para a tabela classificatória. O Brasil, mesmo enfrentando dificuldades, busca se recuperar e garantir sua vaga nas fases finais, mantendo o foco na superação e na busca por melhores resultados.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *