Briga entre policial e estudante

Policial suspeito de matar Ramon Pedro se entrega à polícia

Blog Nordeste Paraíba

Na tarde desta terça-feira, dia 5 de dezembro, Yuri Vieira Alves, policial militar do Ceará e suspeito de assassinar o estudante Ramon Pedro, entregou-se à polícia na delegacia de Uiraúna. O ocorrido se deu na madrugada do último domingo, 3 de novembro. Yuri, de 28 anos, compareceu à delegacia por volta das 16h, acompanhado por seu advogado, e está programada uma audiência de custódia para esta quarta-feira, dia 6.
Após isso, a polícia deverá encaminhá-lo ao Batalhão da Polícia Militar em Cajazeiras.

Segundo informações do delegado Rafael Miranda Bianchi, Yuri Vieira Alves alega inocência, afirmando que reagiu a uma situação em que a vítima, Ramon Pedro, estaria prestes a cometer um roubo contra as pessoas presentes na rua.

Yuri Vieira, que trabalha no município de Orós, Ceará, situado a cerca de 20 km de Uiraúna, terá seu caso apurado pela corregedoria da Polícia Militar do Ceará.

O Crime contra Ramon Pedro

O crime em questão ocorreu após a saída de Ramon Pedro da festa de emancipação política de Uiraúna, na madrugada de domingo. O estudante, residente em Poço José de Moura, a aproximadamente 15 km de distância, foi vítima de tiros no bairro Nossa Senhora de Lourdes. Câmeras de segurança registraram o momento, mostrando Ramon caminhando pela rua quando é abordado por um homem de camisa vermelha. Este empurra o jovem e efetua disparos na região da cabeça.

O crime, que abalou a cidade e que foi registrado em vídeo divulgado nas redes sociais, evidencia a brutalidade do ocorrido. Duas mulheres que presenciaram a cena fugiram do local junto com o autor dos disparos. A sociedade aguarda o desenrolar das investigações para entender as circunstâncias e motivos por trás desse trágico episódio.

Blog do Halder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *